Confira dicas de como fazer um bom currículo

Quando falamos em passaporte, logo nos vêm à cabeça um documento que nos permite viajar entre diferentes continentes. Porém, existe um outro passaporte mais simples, que também abre fronteiras e portas, só que não para uma viagem para fora do país, mas para uma jornada de emprego: o currículo.

Essa analogia serve para mostrar que o currículo é o principal meio para você conseguir uma oportunidade de trabalho. Veja: sem passaporte, não há novos países, e sem o currículo, muito provavelmente não será possível obter um emprego – salvo, é claro, algumas exceções.

Mas, afinal, como fazer um bom CV? Neste artigo, daremos dicas práticas para você construir um bom currículo e conseguir um excelente emprego. Vamos nessa?

O que é o currículo, CV ou resume?

Curriculum Vitae é a referência latina para ”percurso de vida’,’ enquanto Resume significa ”resumo’,’ em inglês.

Currículo, curriculum vitae (CV) ou resume é o mesmo documento. Nada mais é do que um arquivo no qual você descreve suas principais realizações educacionais, profissionais, habilidades técnicas e cognitivas, além de interesses.

Assim, quando você for procurar um novo emprego, o empregador terá acesso às informações mais relevantes sobre você no que diz respeito ao seu lado profissional e acadêmico.

Padronização

Atualmente, sugere-se que os currículos sejam elaborados usando uma ferramenta própria, que já fornece um formato padronizado. Dessa forma, você pode focar e otimizar seu tempo alimentando seu currículo de informações relevantes, e não configurando um formato específico.

Uma dessas plataformas é fornecida pelo Adobe. Olha só um exemplo de um currículo fictício feito por essa ferramenta:

Exemplo de currículo feito pelo Adobe Spark

Dicas práticas: o que colocar no currículo?

Além das informações básicas como nome e sobrenome, telefone celular, e-mail e bairro, existem outras informações relevantes a serem incluídas.

Muitas pessoas que buscam o primeiro emprego se perguntam ”O que devo colocar no currículo, uma vez que não tenho experiência de trabalho?”. A resposta é simples: o currículo não é um documento no qual constam apenas experiências de trabalho, é um resumo de suas aptidões técnicas, cursos extracurriculares, trabalho voluntário, entre outras qualificações que não se limitam apenas a empregos anteriores.

Vamos dizer que você participou do concurso de redação da escola, foi orador da turma ou teve desempenho exemplar em determinada disciplina escolar. Essas informações podem e devem ser levadas em consideração no seu currículo.

Por isso, se você ainda não tem experiências de trabalho, sugerimos que você busque cursos alternativos e atividades extracurriculares e voluntárias para compor seu histórico pessoal e profissional. Isso também facilita o processo de identificar o que você gosta ou não gosta de fazer.

Cursos e plataformas

Compartilhamos algumas plataformas e sites que oferecem cursos extracurriculares gratuitos e que podem fazer a diferença quando incluídos no currículo:

  • Fundação Bradesco
    Cursos de Administração, Contabilidade e Finanças, Desenvolvimento Pessoal e Profissional e Tecnologia.
  • Udemy
    Cursos de Administração, Negócios, Tecnologia, Marketing, Fotografia, Músicas e outros.
  • Atados – Voluntariado
    Plataforma que tem parceria com diversas ONGs, que precisam de voluntários em frentes diferentes, como escrever cartas para idosos, editar vídeos e imagens, entre outros.

O que não devo acrescentar no meu currículo?

Foto

Muito se discute se devemos incluir a foto pessoal no currículo. E a resposta é: NÃO.

A foto nada mais é do que uma imagem, que não diz muito a respeito do candidato. Além do mais, você não quer ser avaliado pelo empregador com base em características físicas e, sim, com base em suas qualificações.

Atualmente, as empresas buscam por um sistema inclusivo de Recrutamento e Seleção e, em algumas situações, fotografias pessoais podem gerar um viés inconsciente em quem recebe o currículo. Por essa razão, sugerimos que você foque em seus atributos intelectuais, e não físicos.

Dados pessoais

Em agosto de 2020, entrou em vigor no Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que descreve como os currículos de candidatos devem ser tratados pelas empresas.

Mesmo que a lei tenha entrado em vigor para proteger seus dados, sugerimos que apenas suas informações menos sensíveis sejam incluídas no currículo. Por isso, não é necessário que você inclua:

  • Nome inteiro, sugerimos apenas o nome inicial e sobrenome principal
  • Dados de RG e CPF
  • Endereço residencial, sugerimos apenas que você indique o seu bairro
  • Estado civil
  • Se tem dependentes ou filhos

E agora, como ir atrás do emprego?

Com o currículo pronto, garanta que você o salve em PDF e circule entre seus colegas e empresas também em PDF, uma vez que a versão em Word pode ser editada por outra pessoa.

Depois, mesmo que você esteja procurando desesperadamente um emprego, tire uns minutos para mapear o que é importante para você em um trabalho, como localização, salário, cultura da empresa, produto, foco e etc.

Por exemplo, se você quer muito trabalhar com games, pesquise no Google ”Empresa de Games no Brasil” e veja quais são as companhias que você eventualmente pode se interessar.

Por fim, após mapear os principais pontos de importância em um emprego, procure os sites dessas empresas mais alinhados com o que você busca e envie seu currículo.

Algumas empresas abrem vagas de inscrições em períodos específicos, e você pode acompanhar esses períodos pelo site Exame. Também existem outros sites que podem te ajudar a encontrar vagas de emprego mais generalistas, como Catho, Vagas.com, Indeed e Glassdoor.

O Glassdoor também mostra a avaliação feita por funcionários sobre determinadas empresas. Essa funcionalidade pode ser uma boa alternativa para você conhecer melhor as empresas.

Pronto! Agora você já sabe como fazer um bom currículo. Que tal colocar as dicas em prática e conquistar um excelente emprego? Boa sorte!

Ainda tem dúvida de como elaborar seu currículo ou torná-lo mais atraente? Fale com a Multiplicando Sonhos, nós podemos te ajudar nesse primeiro passo de sua nova jornada profissional. Mande uma mensagem para nosso e-mail: contato@multiplicandosonhos.org

Texto: Angel O’Hara

Angel O’Hara é graduada em Relações Internacionais, mas foi lindando com pessoas, na área de Recursos Humanos de um banco estrangeiro, que se encontrou.
Hoje, com mais de cinco anos de experiência em Recursos Humanos e Recrutamento, e passagem por empresas multinacionais e bancos, Angel se consolida como recrutadora da América Latina para uma tech americana. Com expertise de employer branding adquirida no meio corporativo, criar conteúdos e gerar engajamento é algo que também a faz muito feliz. Não é à toa que ela está aqui com a gente multiplicando sonhos 🥰

Saiba mais

Leia nosso último texto: http://www.multiplicandosonhos.org/2021/11/24/impacto-da-cultura-do-endividamento-na-vida-financeira/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.